Username:
Senha: Esqueceu sua senha? Lembrar Senha. Cadastre-se
Dar uma rapidinha


Noticias:

Todas as notícias de Dar uma rapidinha:

Início -> Sexo -> Dar uma rapidinha
 Dar uma rapidinha é um tipo de relação sexual que os casais têm experimentado cada vez mais. Ela consiste basicamente em praticar o sexo, sem tantas preliminares e de preferência, com o tempo bem curto. Mas ela não é só isso, existe muita coisa que precisa acontecer pra que ela seja boa.
 Um dos principais requisitos para uma boa rapidinha é que o casal esteja em total sintonia de afeto, de trocas e de entendimento. Sem isso, um dos dois pode ficar frustrado com a relação sexual e sentir-se diminuído ou até rejeitado. Por mais que pareça simples, a relação sexual envolve muito mais do que a troca física e, em se tratando de uma rapidinha, isso fica muito mais evidente.
 Por que este requisito é importante? Porque, como a rapidinha é feita em até dez minutos, o tesão precisa ser grande, a entrega e a confiança também. Além disso, as preliminares são praticamente descartadas, então o casal tem que se conhecer bastante para ir direto ao ponto. Quem faz uma rapidinha quer dela tudo que uma relação sexual mais demorada pode oferecer. Tesão, orgasmo, carinhos, fazem parte da rapidinha, e sair dela com a sensação de desejo realizado também.
 A escolha do lugar e da hora é importante. Alguns casais pensam numa rapidinha no carro, na cama mesmo, antes do trabalho, ou então no banheiro da casa dos pais, durante o banho. E isso precisa ser um acordo entre os dois, para que nenhum se sinta diminuído em sua vontade, ou ainda, desrespeitado em seu espaço.
 A rapidinha é uma alternativa muito prazerosa ao ato sexual que a dupla já pratica. Ela realmente tem o poder de trazer um grande tesão, pelo fato de ser rápida, um tanto quanto automática e de liberar muitas fantasias quando acontece. Existe, em alguns casos, o medo de ser flagrado em algum lugar um pouco menos íntimo, como a escada do prédio, o playground, o elevador, entre outros.
 Praticar o sexo desta forma, algumas vezes, é bastante normal e até saudável. O que se deve evitar é tornar a rapidinha prática muito comum na vida sexual do casal. Ela é boa, gostosa, prazerosa, mas ter somente como ela como prática sexual acaba por tornar o sexo algo automático, que é só fazer algumas carícias no outro e tudo acontece.
 E sexo não é assim, ele precisa de mudanças, de coisas novas, sim, mas elas não podem se tornar a regra. Em termos de sexualidade, quanto mais coisas novas forem experimentadas, mas sem torná-las a prática usual, melhor é a vida sexual da pessoa. Sexo ideal ainda é aquele com carinho, com trocas, com a parte física e psicológica bem equilibradas.
 Enfim, a rapidinha é boa, pode ser praticada, com uma pessoa em quem se confia, ela é melhor ainda. O orgasmo é intenso e pode ser uma alternativa quando o casal está sem tempo ou em um lugar que não tenha tanta liberdade pra ficar mais tempo e ter uma relação sexual mais demora

Anne Griza
Sexologa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dicas sobre sexo.
Dicas sobre dietas.
Dicas sobre cultura.
Dicas sobre dinheiro.
Dicas sobre esportes.
Dicas sobre Namoro
Dicas sobre restaurantes.
Dicas relacionadas com Homossexualidade

Sites Interessantes:

Dicas Viagens Diretório Seguros Diretorio Cirurgía Empréstimos
Anúncios Gratis de ServiçosGuia FenixDiretório IndustrialDiretório Brasil


Início | Chat | Fórum | Cadastre-se | Fale conosco | Recomende este site | Enquetes